Abrupto (9).jpg
logo marca  sem nome.jpg

Abrupto

É uma metáfora sobre o tempo que exige um sincronismo e uma individualidade em situações diferentes, baseando-se em sensações que evocam conflitos e união.


Os movimentos quebrados e súbitos revelam que vivemos suspensos na urgência do momento, obrigados a dar conta de variadas coisas em tempo mínimo. Só o agora interessa.

A movimentação a partir das articulações, o uso do quadril como condutor do movimento, e o estado de prontidão para a ação no momento presente são bases para a coreografia que tem 27 minutos.


A obra também foi contemplada no edital Oi Kabum, e apresentada no Festival Internacional Negra América, ambos em 2015.

Outros Trabalhos